Com o tema "Brasil como novo epicentro da música eletrônica mundial", a EXPO E-Music & Art retorna a AUDIO, em São Paulo, no dia 9 de março, para um evento que celebra o encontro de profissionais do mercado e amantes da música eletrônica com o propósito de compartilhar reflexões sobre o momento em que a cena vive: repleta de novos talentos, exportando artistas e recebendo diversas festas e DJs renomados internacionalmente.


Com ingressos já disponíveis (aqui), o evento ocorre das 11h às 23h, com doze painéis que discutem temas pertinentes da cena, como sustentabilidade; patrocinadores e marcas; aquecimento do setor de eventos com festas, festivais, clubes e showcases; direitos autorais e royalties; saúde e redução de danos; diversidade e representatividade; conteúdo para redes sociais; e até mesmo um encontro entre os representantes das diferentes gerações do cenário eletrônico, bem como a evolução da cena brasileira.


Entre os profissionais já confirmados estão: Monique Dardenne (co-fundadora WME); Claudio da Rocha Miranda Filho (Rock in Rio / The Town / BRMC); Mário Sérgio (Tomorrowland / Arca); Caio Jacob (Ultra Brasil / 30E); Du Serena (DGTL / Tribe); Fauze (Grupo Laroc); Eli Iwasa (Caos); Camilo Rocha (Jornalista); Carola (DJ & Produtora); Öwnboss (DJ & Produtor) e mais.


Muita música boa com DJs convidados vai rolar na área externa, e duas novidades chegam para agitar essa segunda edição da conferência. Uma delas é o espaço para “perguntas e respostas”, no qual o público poderá interagir com determinados players da cena, que estarão disponíveis por cerca de 50 minutos para tirar dúvidas. Além disso, a área “demo drop” também estreia na conferência, possibilitando aos produtores musicais um período de tempo para que uma gravadora nacional avalie sua faixa, dando dicas e feedbacks.