Saindo do virtual para sua primeira edição presencial, o Festival Belacqua Musical acontece neste final de semana. Com o intuito de valorizar, dar espaço e visibilidade ao trabalho de artistas da Baixada Fluminense e regiões periféricas do Rio de Janeiro, o evento rola de forma gratuita em três datas e cidades diferentes — cada uma, respectivamente, com três atrações, abraçando estilos como rap, MPB e claro, as batidas da música eletrônica.


Em meio aos cantores e compositores, tem espaço também para quem curte se jogar na pista no embalo da dance music. Na sexta-feira, 10 de março, DJ Phonix, com uma década de experiência no mercado, leva sua mistura de techno, deep house e afro-house para o Galpão 252, em Nilópolis, ao lado do cantor Emipê e da rapper Afrodite BXD. 


No dia seguinte, Queimados recebe, a partir das 18h, no Teatro Municipal, o grupo ESC (Entenda Seu Caos), Ítalo Pereira e Natália & Cebola. A programação se encerra em Nova Iguaçu, com Jotta Zurc, Gusta Xavier e Caio Tonietto— contratempos impediram a realização da terceira data na Casa de Cultura, no dia 22, a produção vai comunicar em suas redes sociais a nova data e local.


O evento é uma iniciativa do Coletivo Belacqua, através do Edital Retomada Cultural 2, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro. A entrada é franca, mediante doação de um quilo de alimento não perecível.